mãe com criança no colo

Sim, Eu Sei: Eu Pareço Sua Mãe Falando

Sobre crianças trans e decisões

Este comentário crítico apareceu como parte de uma linha do Tumblr hoje: “Ok, mas o que você está descrevendo está perigosamente perto da terapia de conversão. Eu sei que muita gente (especialmente desde que o John Jolie-Pitt se tornou uma grande sensação na mídia) pensa que os pais de jovens trans são os que detêm toda a agência no que diz respeito à transição dos seus filhos. Na realidade, muitos de nós têm que *implorar* para nossos pais permitirem que transicionemos”.

Minha resposta:

Eu acho que o que eu, e talvez alguns outros pais, estamos sugerindo é que jovens explorem alternativas antes de – ou, melhor ainda, **ao invés de** – tomarem decisões gigantes e permanentes envolvendo hormônios e tratamentos cirúrgicos. E pais como eu (e eu não sou como os fanáticos religiosos que falam de pecado e do fogo do inferno), querendo proteger nossos filhos de tomarem decisões das quais podem se arrepender mais tarde, simplesmente não concordamos em financiar e apoiar essas intervenções médicas invasivas.

Com todo respeito, eu entendo totalmente que você e alguns outros tenham se sentido frustrados pelos seus pais se vocês realmente sentem que a cirurgia é a coisa certa para vocês. Mas o que me preocupa é que a tendência na sociedade é acelerar a transição, ignorando quaisquer dúvidas, mesmo quando essas dúvidas são baseadas em preocupações legítimas sobre os efeitos permanentes de cirurgias e hormônios. Realmente, não há como voltar de alguns dos efeitos, especialmente no caso de meninas que fazem a transição. Se você passar algum tempo lendo o que mulheres que destransicionaram escrevem, verá que elas passarão o resto das suas vidas tendo dificuldades devido às mudanças que a testosterona causa nas suas cordas vocais, nos seus sistemas reprodutores, nos seus folículos capilares e (em alguns casos) nos seus cérebros (muitas comentam o fato de agora serem muito mais violentas do que antes). Sim, eu sei que parece a coisa certa agora. Talvez AINDA pareça certo para você quanto você tiver 40, 60 ou 80 anos. Mas você não sabe agora. Você não tem como saber.

Por que não ser simplesmente um “não-conformista de gênero” por agora, sem adulterar seu corpo até que os lóbulos frontais do seu cérebro estejam completamente formados? Pode pesquisar: isso não acontece até depois dos 20 anos. Por que isso importa? Porque essa parte do nosso cérebro é responsável por coisas como ter consciência de consequências futuras; controlar impulsos; perspectiva; julgamento.

Faça tudo que você quiser e que não envolva intervenções médicas, e então veja como você se sente em alguns anos.

E, sabe, tomar decisões médicas importantes é coisa de ADULTOS. Você pode ficar bravo com seus pais por eles não concordarem com, e não pagarem por, uma decisão que você quer tomar; mas, me parece justo pedir que crianças atinjam a maioridade médica, e que então arranjem um emprego, ou façam qualquer outra coisa, para pagar e lidar como um adulto com todas as despesas e dificuldades da transição, se é isso que elas quiserem fazer depois dos 18 anos.

É difícil, porque vários terapeutas, e a mídia, estão te dizendo que transicionar é o caminho certo. Por que será que estes adultos não influenciam seus pais? Bom, não sei quantos dos pais de vocês se preocuparam em pesquisar este assunto de forma mais aprofundada, mas os efeitos a longo-prazo da transição médica ainda não foram estudados e há alguns indicadores preocupantes (meu blog é cheio destes indicadores).

E é nesta parte que você (especialmente se você tiver menos de 30 anos) vai provavelmente parar de escutar: confie em mim quando eu digo que, na idade adulta, eu mudei totalmente de ideia sobre várias coisas das quais eu tinha 100% de certeza entre as idades de 15 e 25 anos. Só para vocês saberem.

Vocês esquecem que os seus pais já foram adolescentes. Sim, eu sei. Eu pareço a sua mãe falando. É fácil nos odiar porque nós não damos exatamente o que vocês querem, quando vocês querem. É muito mais difícil perceber que a maioria de nós está pedindo que vocês desacelerem um pouco porque amamos vocês de verdade.

(Original em inglês aqui no ótimo blog 4th Wave Now)

Não Existe Criança Trans
Assign a menu in the Left Menu options.